Saiba mais sobre a CeART

A Central de Artesanato do Ceará (CeArt) é o trabalho do Governo do Ceará para a valorização do artesão, sua história, técnica, tradição e comunidade. Aqui, apresentamos aplicativo móvel e site para que os interessados em conhecer esses fazeres e saberes possam viajar pelo Ceará seguindo as fascinantes e diferentes tipologias e técnicas que têm sido passadas de geração em geração no Estado. São rotas turísticas artesanais com artesãos cadastrados e certificados pela CeArt, com habilidades que seguem e valorizam a tradição cultural das comunidades onde vivem.

Como explica a pesquisadora cearense Giselle Monteiro Silveira, “o artesanato é uma atividade desenvolvida por todos os povos e é identificado não só por suas características peculiares ou pelas técnicas aplicadas, mas, também, por qualidades próprias de cada região e cultura onde é desenvolvido”. Esperamos que cada pessoa que entre em uma casa, oficina ou ateliê de artesanato cearense se torne um propagador e valorize o trabalho e conhecimento que contém em cada um dos artesãos que terá a oportunidade de encontrar.

As Rotas CeArt te convidam a descobrir o Ceará por um novo ângulo, a partir da produção dos produtos artesanais que tanto encantam moradores e turistas, além da história, paisagens e costumes desses locais. Os visitantes poderão assistir a esse fazer artesanal e adquirir os produtos diretamente dos artesãos. Nosso objetivo é enriquecer a experiência turística do Estado, valorizando e mantendo viva as tradições.

Boa viagem!

Central de Artesanato do Ceará

Para o Governo do Ceará, valorizar o artesanato é valorizar a cultura, a tradição e a história cearense. É também buscar geração de emprego e renda a partir de saberes tradicionais. Estimular essa política é um trabalho desenvolvido pela Central de Artesanato do Ceará (CeArt), dentro da Secretaria da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos.

Criada em 1979, pela então primeira-dama do Estado, Luiza Távora, a CeArt capacita artesãos, expõe e comercializa itens produzidos no Estado. A CeArt possui cinco espaços físicos onde são comercializados os produtos do artesanato local. Após reforma, foi reinaugurada em setembro de 2021, a loja galeria Mestre Noza, na praça Luiza Távora, que funciona de segunda a sábado, das 8h às 19h. Há também uma no Aeroporto Internacional Pinto Martins, situada na área de embarque e desembarque, com funcionamento diário das 8h às 19h. As lojas dos shoppings Aldeota, de segunda à sábado, das 10h às 21h, e Shopping Rio Mar, de segunda à sábado, das 10h às 22h, e domingos, das 13h às 21h. Além do espaço do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, que funciona de quarta a domingo, das 12h às 18h. A CeArt também possui um canal de e-commerce pelo site lojaceart.online.

No total, são 35 mil artesãos e entidades artesanais cadastrados e 86 entidades artesanais ativas na Central de Artesanato do Ceará. De 2015 a setembro de 2021, 28.415 artesãos participaram de capacitações para o fortalecimento do artesanato e assessoramento técnico de melhoria da qualidade artesanal. No mesmo período, a CeArt já intermediou a comercialização de 391.123 peças artesanais, movimentando mais de R$ 12 milhões em vendas.

Image module